Coprocessamento

O “Core Business” da RCRambiental é garantir a proteção da marca

Entende-se por coprocessamento a realização da queima dos resíduos industriais através de forno apropriado, onde se promove o reaproveitamento de grandes quantidades de resíduos industriais como fonte de energia ou matéria-prima, sem geração de passivos ambientais em aterros sanitários.

O coprocessamento tem capacidade em fornecer um reaproveitamento eficiente de energia em que o material fornecido é capaz de substituir o combustível, além de oferecer um reaproveitamento direcionado a substituir uma matéria-prima, em que o resíduo coprocessado precisa ter características que se assemelhem a ela, como o reaproveitamento do resíduo na indústria cimenteira, sem qualquer alteração na qualidade do produto final.

É possível coprocessar até mesmo substâncias tóxicas, mas, por força da lei, no Brasil é proibida a queima de dioxinas, organoclorados, lixo urbano, radioativo e hospitalar em fornos de cimento.

Técnica de Blendagem

O reaproveitamento dos resíduos industriais é possível por meio da Técnica de Blendagem (em que se mistura os resíduos até que seja possível deixá-los homogêneos para uso em seu destino final).

Para que o resíduo possa ser reaproveitado em um forno de cimento é necessário que ele passe por um Processo de Blendagem, ou seja, uma mistura com o objetivo de homogeneizar os diversos resíduos que serão utilizados de uma mesma forma na unidade de destinação final, garantindo melhor desempenho operacional e qualidade do produto fabricado.

Benefícios em realizar o coprocessamento

As elevadas temperaturas, a turbulência e o alto tempo de residência no forno provocam a destruição de todos os compostos orgânicos como os metais que são destruídos e combinam-se com os elementos existentes na matéria-prima do cimento.

Com o envio dos resíduos ao coprocessamento, você garante:

  • Recuperar a energia relacionada à combustão de resíduos;
  • Reduzir o consumo de combustíveis fósseis;
  • Reduzir os reais custos com cimento;
  • Destruir resíduos classificados como perigosos (após análise).

Como funciona com a RCRambiental

Os produtos acabados inservíveis chegam à RCRambiental e são levados a uma máquina que os descaracteriza, impossibilitando seu uso e visualização da marca dos nossos clientes.

As caçambas com os produtos já descaracterizados são enviadas aos nossos parceiros de Coprocessamento.

Já no Destino Final, os resíduos passam por mais uma máquina fragmentadora para que, dessa vez, cheguem a uma granulometria adequada para que os produtos inservíveis sejam utilizados em fornos de cimento.

Dentro do forno, os resíduos passam por um contato com elevadas temperaturas, turbulências e um tempo apropriado de resistência para que seja possível destruir 99,9999% dos compostos orgânicos.

Essa técnica é importante para que seja possível utilizar o resíduo coprocessado com o cimento.

contratar

Solicite já a sua proposta e faça o descarte de seus Produtos Inservíveis com segurança

Nossos representantes entrarão em contato com você. MAIS INFORMAÇÕES

Fique por dentro das notícias

21 jun

Reciclagem de Cosméticos contribui para preservar os recursos naturais

A Reciclagem de cosméticos, quando possível, é uma alternativa para atender a demanda de produtos...

15 mar

Reciclagem de Fraldas Descartáveis: Uma solução eficiente de destinação final

A Reciclagem de Fraldas Descartáveis pré-consumo é um procedimento ecologicamente correto em qu...

15 mar

Logística Reversa (Pós-Consumo) e o Gerenciamento de Resíduos Sólidos

A Logística Reversa é uma transformação no modo de pensar em como se lida com os produtos que sa...