Valorização de Resíduos

Valorização de Resíduos

O “Core Business” da RCRambiental é garantir a proteção da marca

A Valorização de Resíduos é tratada, atualmente, sob uma nova perspectiva muito mais profissional, tecnológica e de grande investimento, promovendo uma série de benefícios econômicos, sociais e ambientais. Se antigamente o foco era o descarte do resíduo, agora o objetivo é a sua valorização.

Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mais de R$9 bilhões de resíduos vão parar em lixões e aterros sem nenhum tipo de tratamento. Um valor consideravelmente alto em um país como o Brasil, que tem um grande potencial para desenvolver a sustentabilidade.

Um outro dado assustador demonstra que apenas 3% de todos os produtos inservíveis e dos resíduos sólidos recebem um tratamento adequado para uma destinação final que não prejudique o meio ambiente.

Ser uma empresa responsável é gerir seus produtos inservíveis e resíduos sólidos de forma economicamente mais inteligente e contribuir com a preservação dos recursos naturais.

Critérios para valorização de resíduos

Existem uma série de critérios utilizados na valorização de resíduos, entre eles, os principais são: classificação, potencialidade, quantidade, viabilidade e aplicabilidade.

  • Classificação: o resíduo é classificado de acordo com a sua periculosidade. Dentro da norma 10004, os resíduos podem ser classificados como perigosos e não perigosos; na categoria de não perigosos, há ainda os inertes e não inertes. Para a valorização, a preferência é por utilizar resíduos não perigosos e inertes.
  • Potencialidade: a potencialidade está relacionada às características do material, como o potencial de seus componentes, e se eles possuem ou não um valor agregado.
  • Quantidade: a quantidade disponível para a valorização do resíduo é um critério fundamental, uma vez que é necessário tê-lo em abundância, homogeneidade e disponibilidade contínua para ter viabilidade econômica.
  • Viabilidade: nesse caso, diversos fatores são avaliados, como condições de mercado, custos, logística, prejuízos ambientais da valorização e da não valorização, questões legislativas.
  • Aplicabilidade: a partir destes estudos, é possível definir aplicação para o resíduo, pois a aplicabilidade é um ponto essencial para conferir valor a um material.

Atuação da RCRambiental

A RCRambiental conta com uma história de mais de 18 anos e acredita que é possível valorizar os resíduos e produtos inservíveis que virariam apenas “lixo”, oferecendo soluções mais eficientes.

A empresa realiza um estudo para identificar qual é a melhor forma de valorização de cada tipo de resíduo dos nossos clientes.

Hoje, ela já realiza os serviços de triagem e segregação de recicláveis, reciclagem de fraldas, reciclagem química, reciclagem de blister, reciclagem de resíduos orgânicos em ração animal, refino de óleo lubrificante, transformação de resíduos em combustível alternativos, entre outros.

Entre em contato com a nossa empresa







Solicite já a sua proposta e faça o descarte de seus Produtos Inservíveis com segurança

Nossos representantes entrarão em contato com você. MAIS INFORMAÇÕES

Fique por dentro das notícias

13 ago

O que é lixo eletrônico? Saiba como descartá-lo sem prejuízos à natureza

A tecnologia invadiu nossos lares e trabalhos. Está presente em quase tudo que fazemos em nossa rot...

31 jul

Contaminação do Solo: Impactos Ambientais

A contaminação do solo tem sido uma das principais preocupações dos especialistas na área ambie...

24 jul

Entenda o processo de incineração de resíduos

 Segundo levantamento do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb) realizado em 20...